segunda-feira, 8 de março de 2010

Dia Internacional da Mulher: Parabéns Mulheres!


Antes de começar pra valer, é preciso lembrar que o Dia da Mulher é muito mais que uma data que o comércio usa para faturar, mas sim, importante na história da luta feminina no mundo. Todo dia é o dia da mulher, não somente no dia 08 de Março.

Todas as mulheres, que com seu jeito delicado, acabam por preencher nossas vidas com beleza. Marmanjo, você não tem respeito e admiração por nenhuma mulher nessa vida? Não só hoje, mas que tal parabenizar a mulher que faz parte de sua vida?
 
Na mitologia grega, uma deusa que mais chama atenção e combina com este texto, é a deusa Ártemis. Ártemis, irmã de Apolo (deus do Sol) e filha de Zeus (rei dos deuses), ao invés de receber o “mundo” de seu pai como presente, decidiu ser presenteada com a liberdade. Ártemis é a deusa que corre e caça livremente nos bosques, quando não, está acompanhada de suas ninfas em plena paz. As Amazonas (as guerreiras que inclusive enfrentaram Hércules) cultuavam essa deusa. Por outro lado, temos algumas personagens da mitologia nórdica/germânica que representam bem as mulheres, entre todas, destaco as valquírias: as filhas de Odin que eram encarregadas de trazer as almas dos guerreiros mortos em combate ao Walhalla, a morada dos deuses. Fugindo da mitologia, essa conversa de “sexo-frágil” não existe também no plano real.
 
Que esse dia não seja lembrado somente como mais um motivo para o comércio faturar. Entenda também que as mulheres estão cansadas de ganhar somente rosas, elas merecem isso e muito mais. Além de algo material, que tal respeitar um “pouquinho” mais elas? Outra coisa é o triste fato de que a mulher ainda é vítima de violência e outros abusos. Isso é totalmente inaceitável. Contra esse tipo de covardia, nada que uma arma (não-letal) não resolva...
 
 
Conheço algumas mulheres incríveis, preciso citar uma? Minha mãe. Sim, minha mãe é uma das mulheres mais incríveis que conheço. Se eu tenho respeito pela mulher (mulher de verdade), se deve ao fato de respeitar e admirar minha mãe, ela que é um grande exemplo em minha vida (manhêeee, me dá “dez real”? Falei bem da senhora no meu blog).
 
Aprenda como NÃO se deve homenagear uma mulher:
 
 
Ser mulher deve ser uma tarefa muito difícil. Mulheres são mais ninja do que homens, digo isso pelo fato delas usarem bolsas. Você nunca sabe o que tem lá dentro e o que pode sair de lá. Mulher se preocupa com cabelo, com as unhas, com o tipo de roupa que deve combinar com o sapato, com os brincos... E sabe o mais intrigante e perigoso? Um grupo de mulheres reunidas! Se você tiver sorte, não será notado e sairá ileso de comentários.
E a famosa TPM (tensão pré-massacre)? Ainda bem que eu posso contar com o meu “sentido-aranha”, que sempre me livra do perigo que é uma mulher nesses dias. Eu sempre agradeço por ter esse poder aracnídeo. Você deve tomar cuidado com o que fala, pois pode estragar tudo... Caso não fale nada, também!
 
 
“Não conheço uma pessoa sequer que não tenha se rendido aos encantos de uma mulher”. Não sei quem escreveu, mas concordo plenamente.
 
Nós devemos reconhecer que vocês são mais inteligentes e fortes do que muitos homens por aí, isso é fato. A palavra do Senhor diz: “Toda mulher sábia edifica sua casa”. Mas em que condições o Senhor reconhece a sabedoria da mulher? Porventura o Senhor está referindo-se a mulher culta de desenvolvimento intelectual que possua formação didática? Certamente não. A palavra faz alusão à mulher dotada de humildade espiritual na presença do Altíssimo, como Sara mulher estéril, sendo da idade de noventa anos, e tendo cessado o costume das mulheres, mas cheia de fé e temor a Deus, não duvidou da promessa do Senhor em lhe abençoar, dando-lhe um filho em sua velhice, colocando-a como mãe das multidões das nações pelo plano que o Senhor havia feito com o seu marido, o nosso pai na fé, o patriarca Abraão, sendo esse da idade de cem anos.
 
Como eu disse, é muito mais que um dia para o comércio faturar...
 
 
No dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

Conquistas das Mulheres Brasileiras

Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo.

Finalizando... Desejo que as mulheres continuem cada vez mais ganhando seu devido espaço neste mundo. Parabéns para todas as “mulheres-maravilhas” que são verdadeiras maravilhas em nossas vidas!

Um comentário:

  1. Pois eh!!!! nos mulheres somos foooda! huahauha o que seria doi mundo sem nós?

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão lidos e sempre que possível respondidos.