quinta-feira, 17 de maio de 2012

O Espetacular Homem-Aranha #Parte 1

The Amazing Spider-Man

O assunto do momento é o filme dos "Vingadores", mas o ano de 2012 ainda nos brindará com outras grandes produções do cinema, como é o caso do novo filme do Homem-Aranha, que será lançado em 6 de julho. Mas, o que este reboot (reinício) do aracnídeo nos cinemas tem de novidade que anda causando tanta repercussão entre os fãs e não-fãs do personagem dos quadrinhos?

Um novo começo


A história do Homem-Aranha será reescrita nos cinemas e a boa notícia é que o responsável por isso não será o Sam Raimi, que destruiu a possibilidade de fazer uma das melhores adaptações dos quadrinhos. O novo filme do Homem-Aranha, "The Amazing Spider-Man" ("O Espetacular Homem-Aranha"), já é motivo de burburinho entre os fãs do super-herói. O mais novo trailer compartilhado na web despertou a atenção daqueles que até agora não tinham dado muita atenção para o filme. 

Sei que isso em parte é culpa da antiga trilogia, a fase do Homem-Aranha que começou bem nos cinemas, mas terminou um verdadeiro fracasso de Sam Raimi. Antes de você continuar lendo este artigo, escrevi um artigo sobre a antiga trilogia:


O diretor desse novo filme é o Marc Webb, o diretor do excelente "(500) Days of Summer" ("500 Dias com Ela"). O filme foi filmado em 3D e promete ser um dos melhores a fazer uso deste recurso, pois convenhamos, filme em 3D é só para arrancar mais um troco dos nossos bolsos, dificilmente um filme fica bom com o recurso; mas, o filme do Homem-Aranha em 3D não é picaretagem, ao que tudo indica, os efeitos realmente tem qualidade, principalmente por conta das cenas em 1° pessoa, como se você estivesse saltando de um prédio para o outro, como pode ser notado no primeiro trailer do filme.

Antes de prosseguir com o artigo, aqui vai o novo trailer do filme (caso não apareça a legenda, clique em CC):


Caso o vídeo não esteja mais disponível - é que a Sony Pictures pode retirar por causa dos direitos autorais, o que é uma grande sacanagem, já que não existe nada de infrator em reproduzir um vídeo em  um blog, mas aí... -, tente na pesquisa do YouTube algo como: "trailer 3 amazing spider-man".

Já que assistiu o trailer, vou dizer o que acho sobre os seguintes itens do filme:

  • Andrew Garfield no papel de Peter Parker e o novo Homem-Aranha
spider-man_the amazing spider-man_homem-aranha_o espetacular homem-aranha

Bom, se você leu o outro artigo em que falo sobre a antiga trilogia, já deve ter notado que eu prefiro o Tobey Maguire no papel de Peter Parker, por achar que ele ficou perfeito tendo como base dos quadrinhos.

Apesar de aparentemente mostrar um Peter Parker mais novo, acho que poderiam escolher outro ator para ser o nerd desajeitado dos quadrinhos que em um belo dia, através de um acidente envolvendo uma aranha radioativa, Peter ganha habilidades especiais. Por mais que seja essa a versão original, vamos esquecer essa conversa de radiação modificando geneticamente as pessoas, isso é um clichê dos quadrinhos de super-heróis que funcionava nos anos 60, 70 e 80. 

Outra coisa que não gostei, é o fato deste novo Peter não ser tímido e um tremendo azarado em sua vida social, que é outro desafio em sua vida sem que esteja usando a máscara do Homem-Aranha. Não só eu, mas sei que muita gente ainda prefere aquele Peter Parker nerdizão, desajeitado e que não levanta nenhuma suspeita que seja um super-herói.

O que mais gostei de saber do filme, é que finalmente o Peter Parker vai mostrar o seu intelecto no filme: ele vai conseguir equacionar uma fórmula em que estavam trabalhando - talvez o pai -, criando um super-polímero que se torna resistente em contato com o ar, que futuramente ele usará como teia em seus lançadores/disparadores, essa que é outra invenção do rapaz. Muito melhor do que a teia orgânica da antiga trilogia.

Bom, apesar de que no trailer não mostra ele criando a teia, somente os lançadores.

E este Peter Parker quer um estágio nas Indústrias Oscorp, uma das mais poderosas corporações do país. Lembram quem é o dono dessa empresa? Ao que tudo indica, no próximo filme teremos o Norman Osborn assombrando a vida do Peter. Por falar nisso, outra vez misturaram um pouco o universo das revistas Marvel: no universo original dos quadrinhos da Marvel Comics, Peter Parker ganha poderes ao sofrer um acidente com uma aranha radioativa, durante uma exposição em que era assistente do Dr. Otto Octavius - que depois do acidente se torna o vilão Dr. Octopus. A participação do Dr. Otto neste evento é introduzida depois em edições futuras do Homem-Aranha.

No universo das revistas "Ultimate", uma série da Marvel em que as origens dos seus personagens foram adaptadas para o século XXI - com o intuito de atrair novos leitores -, Peter também sofre um acidente durante uma excursão da escola em um dos laboratórios da Oscorp. O acidente envolve uma aranha geneticamente modificada com a ajuda  de uma fórmula desenvolvida por Dr. Otto nas Indústrias Oscorp: a droga O.Z. A aranha modificada havia escapado do receptáculo de contenção.

No dia da excursão, enquanto Peter está distraído, acontece o acidente em que é picado pela aranha, entrando em choque pela droga fazendo efeito em seu corpo. Norman Osborn e sua equipe passam a vigiar o garoto depois desse evento, com medo que os possíveis efeitos colaterais pudessem resultar na morte do rapaz e com isso, um possível processo contra a empresa.

Depois de alguns dia, Peter não é mais problema. E, como tem que ser, o jovem descobre as habilidades que lhe foram conferidas através da aranha. É isso que ocorre no universo das revistas Ultimates.

Eu acompanhei durante um tempo essas edições do "Homem-Aranha Ultimate", mas depois a qualidade das histórias simplesmente sumiu.

No filme será diferente: o passado dos pais de Peter Parker são ligados com as Indústrias Oscorp e o tal acidente que acontece, nada mais é do que um evento "programado", nada obra do acaso. O vilão do filme, Dr. Curt Connors era "amigo" do pai de Peter e parte do seu trabalho envolve a construção de armas biológicas.

Essa coisa de tornar a transformação do Peter em um super-herói em uma coisa arquitetada, ampliando e interligando todo mundo, não é uma coisa legal. Geralmente esse tipo de enredo não termina bem. E se você conhece leitores dos quadrinhos do Homem-Aranha - e não precisa ser os antigos leitores - e perguntar o que eles acham dessa tal de "história não revelada" em que todo mundo tem envolvimento com o "acidente", tenho certeza de que irão discordar. Não sei se no filme será mostrada a tragédia que ocorre na vida de Peter, a morte do Tio Ben, fazendo com que ele passe a usar o seu dom em nome do bem.

Spider-Man
"Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades", a clássica frase do Tio Ben
Fica evidente no trailer do filme o humor do personagem na cena em que o Homem-Aranha diz ao ladrão que ele descobriu que a sua fraqueza são facas pequenas. Nos quadrinhos o Homem-Aranha geralmente tem alguma piadinha para soltar quando está em ação, isso chega até mesmo a irritar os seus adversários, funcionando também como uma forma de distraí-los. Essa característica é marcante nos quadrinhos.

Sabe o que torna a história do Homem-Aranha legal? Vou resumir: um nerd que não leva jeito para os esportes, não tem jeito com as meninas, não é popular e mora com os tios. Em um fatídico dia, esse mesmo cara que se interessa pela maioria das coisas que as pessoas "normais" não se interessam, por conta de um acidente envolvendo uma aranha radioativa - ou geneticamente modificada, não importa -, ganha poderes que mudam sua vida completamente e para sempre. De desastrado, passa a ser um habilidoso acrobata, prevendo perigos com o seu "sentido-aranha"; então o seu antigo mundinho que era o seu quarto, com suas fórmulas em lousas, livros e anotações espalhados por todo canto, é trocado por aventuras pela cidade, salvando as pessoas de malfeitores. 


Homem-Aranha
Ninguém suspeita que aquele nerd perdedor seja o Espetacular Homem-Aranha
O interessante da história, o charme do personagem, é que nesse universo fantástico ele poderia ser você: uma pessoa normal que teve uma vida inteira modificada por obra de um acidente, aprendendo que um dom pode e deve ser usado para um bem maior, de acordo com os criadores do personagem, Stan Lee e Steve Ditko. E vai ter gente que vai ter a ousadia de dizer: "a origem do personagem no filme é melhor do que a do quadrinho!", não, não é e nem falo isso por ser fã do Homem-Aranha desde pirralho, falo por saber que os fãs e não-fãs valorizam a origem e a maneira simples como isso foi criado por Lee e Ditko.

Este novo Peter Parker é skatista e até de grafitagem o cara entende, mais uma prova de que os nerds não são mais como eram antes. Mas, vamos pela lógica, isso é viável hoje em dia.

No filme, desde que os pais de Peter desapareceram durante a infância, ele vem lutando em busca de um propósito para a sua vida. Agora, à beira de desvendar um mistério sobre o que realmente aconteceu com eles, ele deverá se preparar para um grande desafio... e esse desafio foi criado em um dos laboratórios da Oscorp.

Andrew Garfield

O filme, sem dúvida, será e muito melhor do que qualquer filme da antiga trilogia; mas fica aí a falha inicial em querer tornar tudo algo arquitetado. O foco nesse drama da vida de Peter com relação aos seus pais, não é legal. Mas, vamos confiar no roteiro/história de James Vanderbilt.

  • Emma Stone no papel de Gwen Stacy
Emma Stone
Felizmente uma escolha certa
Se tem uma escolha perfeita nesse filme, é a da atriz Emma Stone para o papel de Gwen Stacy, a primeira e provavelmente a namorada que mais marcou a vida do Peter Parker - não tirando a importância da Mary Jane, claro. Quando o elenco foi divulgado, não me recordo de terem anunciado que o par de Peter seria a Gwen, então cheguei a pensar que ela poderia ser a Mary Jane no filme, o que curiosamente, também seria uma ótima escolha. 

Apesar de não ter as antigas revistas originais do Homem-Aranha, pude ter contato com os desenhos de John Romita e outros desenhistas que por anos desenharam a revista do Homem-Aranha, por meio de edições especiais que foram publicadas no Brasil. Desde essa época, gosto do estilo dos desenhos, tanto Mary Jane quanto Gwen Stacy tem basicamente os mesmos traços, a única coisa que muda é a cor do cabelo e a vestimenta das personagens. Depois de ver algumas imagens da atriz, é possível dizer que ela fica bem tanto no papel de Gwen, quanto no de M. Jane. E ainda tem o fato de que ela lembra os traços dos  desenhos da Era de Prata dos quadrinhos do Aranha.

Quando lembro daquela Gwen Stacy do terceiro e último filme canalha do Homem-Aranha, a única coisa que passa pela minha cabeça é: "c*#@*, odeio esse filme!".

Clique nas imagens para ampliar:

Emma Stone

Gwen Stacy

old comics spider-man
Gwen, Harry Osborn e Mary Jane Watson
Diz aí, acertaram ou não acertaram na escolha? Isso ficou muito, muito legal.

  • Gwen Stacy como namorada de Peter Parker 

Na antiga trilogia, a Gwen Stacy só aparece no último filme e com a finalidade de abalar o relacionamento de Peter e Mary, o que alguém deve ter achado genial nos bastidores. Eu e milhares de pessoas acharam isso um fiasco. 

O fato da Gwen aparecer no filme como a primeira namorada de Peter está cronologicamente correto, já que ela vem muito antes da M. Jane. Só que existe um detalhe que eu quaaase ia esquecendo de mencionar: a Gwen Stacy não é a primeira namorada de Peter, a primeira é a secretária do editor-chefe do Clarim Diário, Betty Brant. Peter conhece Betty quando começa a trabalhar como fotógrafo freelancer para o jornal, mas o romance entre os dois é tão curto, que é desconsiderado - tadinha da Betty.

Nos quadrinhos, a filha do Capitão Stacy é popular na universidade, considerada umas das mais lindas estudantes. Quando conhece Peter, aquele indivíduo nada popular e pobre, ela simplesmente passa a implicar com o rapaz, zombando do rapaz sempre que tem uma oportunidade. Depois que Peter se torna amigo de Harry Osborn, que também faz parte da turma de Gwen, sem que percebam, ela e Peter vão ficando cada vez mais próximos por conta da atração que sentem um pelo outro, até que passam a namorar.

Emma Stone_Gwen Stacy

No filme, a inteligente, carismática e rebelde Gwen trabalha na Oscorp, sendo responsável por uma sessão de pesquisas e tem como mentor o Dr. Connors. Provavelmente ela ajudará a descobrir mais detalhes sobre o mistério envolvendo os pais do seu namorado.

Bom, pena que eu não posso contar o resto, se bem que fiquei sabendo que será diferente dos quadrinhos. Em um futuro não muito distante, publicarei um artigo somente sobre os quadrinhos do Aranha.

Gwen Stacy_Peter Parker_Spider-Man
Arte de John Romita
Bom, aqui termina o 1° artigo sobre o novo filme do Homem-Aranha. Creio que assim como eu, várias pessoas estão ansiosas para assistir o filme, que tem estréia no Brasil em 6 de julho. Para acompanhar essa e futuras atualizações do blog, curta a fan page do blog no Facebook, siga o Twitter do blog e assine o Feed.

Para continuar, leia a segunda parte do artigo sobre o novo filme do Homem-Aranha:


Outras postagens sobre quadrinhos e filmes baseados em quadrinhos:
Até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários serão lidos e sempre que possível respondidos.