domingo, 21 de agosto de 2022

[Resenha] CAL – Um diário de amor e terrorismo na Irlanda

A guerra entre católicos e protestantes na Irlanda fez inúmeras vítimas em seu maior período, de 1966 até 1998. É nesse cenário que temos a história de amor entre Cahal McCluskey, um jovem católico envolvido com o I.R.A (Irish Republican Army) e Marcella, que perdeu o marido num atentado.

quarta-feira, 10 de agosto de 2022

I am a HERO – Seja o protagonista da sua própria vida

Como vai a quarentena? Como vai o isolamento social? Não sei nem mais do que se trata... Pois bem, esse atual cenário em que nos encontramos me fez lembrar de alguns detalhes do mangá "I am a HERO", de Kengo Hanazawa, publicado originalmente em 2009  no Brasil foi publicado em 22 volumes pela Panini Comics, de 2018 a 2021.

sábado, 9 de julho de 2022

5º temporada de Stranger Things – O retorno de Vecna!

Com a "morte" de Max, Vecna conseguiu completar a parcela de seu plano que consistia em abrir e interligar os quatros portais, possibilitando dessa forma uma abertura permanente entre o nosso mundo e a dimensão que conhecemos como "Mundo Invertido"... prepare-se e venha comigo, pois irei te contar sobre os próximos passos do Vecna e o futuro de Hawkins.

terça-feira, 5 de julho de 2022

O monstro da 5º temporada de Stranger Things

Enquanto terminava a 4º temporada de "Stranger Things", procurei rever alguns episódios das temporadas anteriores da série e acredito ter "descoberto" o novo monstro que aparecerá na 5º e última temporada.

sexta-feira, 24 de junho de 2022

Podcast sobre "The Boys" – RingueBeu Cast

3º temporada de "The Boys" está aí e, apesar das diferenças com os quadrinhos de autoria do Garth Ennis (roteiro) e Darick Robertson (arte), continuo gostando da série.

quinta-feira, 23 de junho de 2022

Tex Willer – A história da minha vida

Uma vez que a Marvel e a DC Comics fizeram de seus quadrinhos um verdadeiro material panfletário de pautas identitárias, os leitores/colecionadores mais antigos tiveram que optar por comprar apenas os clássicos que são republicados  é o meu caso. Na falta de um bom material por parte dessas editoras, é melhor gastar o "trocadinho do lanche" (bons tempos em que isso  era possível) com outro tipo de publicação que mantenha uma boa qualidade de arte e roteiro; no caso, os quadrinhos japoneses e italianos.

terça-feira, 21 de junho de 2022

De volta?

É, meus amigos, pensei que nunca mais voltaria a escrever no meu blog, mas é hora de "tirar o pó" desse espaço...